sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Consciência “verde” em Copenhague

Categories:

As semanas que antecederam a conferência das Nações Unidas foram recheadas de dúvidas sobre o sucesso da conferência. Agora, os ânimos mudaram, e todos esperam que a conferência que represente um importante avanço ambiental.
Discussões à parte, a cidade de Copenhague se transformou nos dias que antecederam à conferência, com uma mistura de tecnologia e consciência verde. Eis alguns exemplos do que foi feito para receber o encontro.
Foi inaugurado o primeiro posto de abastecimento de hidrogênio, combustível considerado um dos mais eficientes substitutos do petróleo.
Os dinamarqueses também estão investindo na produção de álcool combustível. Só que como eles não têm cana de açúcar, criaram inauguraram essa usina que transforma o feno em bio-etanol.
O Tivoli Gardens, considerado um dos pulmões da cidade e seu principal parque de diversões foi totalmente remodelado. Os carros de manutenção agora são elétricos. Toda a iluminação é feita por leds, em vez das lâmpadas tradicionais. E até esse brinquedo, chamado de Vertigo, ganhou ares verdes. A energia despendida por um dos braços é reaproveitada, para alimentar o outro.
Finalmente, na semana que passou, o natal chegou à cidade. E uma enorme árvore de natal foi montada, e iluminada no final da tarde. Só que, esse ano, se os moradores quiserem que ela continue brilhando, vão ter de suar a camisa. Os leds são alimentados pela energia elétrica gerada por bicicletas. Quem quiser pode pedalar e contribuir para um natal ecologicamente correto.
A preocupação com o meio ambiente só tende a aumentar nos próximos anos e algumas atitudes serão tomadas para reduzir a emissão de gases e o consumo excessivo de energia no planeta. Produtos com alto consumo energético, como as TVs de plasma, por exemplo, poderão até sair do mercado em breve. O meio ambiente e as futuras gerações agradecem.

Compartilhe Este Artigo

Postagens Relacionadas

5 Comentários para Consciência “verde” em Copenhague

Fernanda
18 de dezembro de 2009 13:10

Tem que fazer isso mesmo. Só assim pro governantes se concientizarem. Tudo que polui o meio ambiente ou que tiver muito consumo dos recursos naturais tem que ser tirados do mercado, inclusive essa televisões de plasma.

Anônimo
18 de dezembro de 2009 13:19

verdade, e tem umas tvs de lcd q tem um painel chamado ips q eh mais economico, muito bom^^

Renato
18 de dezembro de 2009 15:39

eu axo que todos deveriam ter conciencia...não só os paises...eu por exemplo, uso energia solar em casa, uma geladeira economica e uma tv lcd que vem com o painel ips que tbm ajuda na economnia de energia

Ivan
21 de dezembro de 2009 17:14

já tive um tv de plasma e realmente consome muita energia, mudou quase 20% da minha conta de energia depois da minha plasma estou optando para uma nova TV de LCD quem sabe assim consigo maior consumo

Elaine
28 de dezembro de 2009 11:14

É so assim msm pra conseguir as coisas td na base do grito, so não sabia q as tvs de plasma gasta mais energia isso é uma novidade pra mim, mais bom saber.

Postar um comentário